Turismo compartilhado já movimenta mais de R$ 700 milhões para o Estado do Ceará, de acordo com especialista

29.10.19 - 09h48

Realidade já em diversos países do mundo, o timeshare ou turismo compartilhado é um modelo de negócio que permite a compra fracionada de imóveis a adesão a clubes de hospedagem. No Ceará, aparecendo como uma opção para quem deseja partilhar desse modelo, já existem mais de 5 empresas que levam essa novidade para realidade para os cearenses e para os turistas. De acordo com o CEO da MVC (empresa de turismo compartilhado), Sérgio Falquer, o novo modelo de negócio já movimenta mais de R$ 700 milhões para o Estado do Ceará.

Para Falquer, o turismo compartilhado que vem facilitando a vida das pessoas que querem a compra antecipada de diárias de resort com direito a alguns benefícios. “É um conjunto de benefícios onde é pago um valor mensal em troca de algumas diárias em hotéis credenciados. A escolha da data e do local são inteiramente do sócio do apartamento ou credenciado. É o plano ideal para adquirir uma estadia em um ambiente praiano para os momentos de lazer em família. Outro ponto que vale destacar é que acreditamos que o Ceará atraia muitos turistas e ideal para explorar esse novo modelo de negócio”, detalha.

A expectativa é de que até o final do ano o mercado movimente cerca de R$ 800 milhões em vendas com esse modelo de negócio, segundo o CEO da MVC. “São imóveis voltados a compradores de alto padrão que gostariam de ter uma casa de praia, mas sabendo que não vão usá-la nos 12 meses do ano. Essa modalidade dá a oportunidade de aproveitar a propriedade duas vezes por ano, no tempo que durar o contrato, por isso está ganhando espaço no Ceará e no Brasil”, disse.

http://revistaeconomia.com.br/turismo-compartilhado-ja-movimenta-mais-de-r-700-milhoes-para-o-estado-do-ceara-de-acordo-com-especialista/

Fique ligado em nossas novidades

Cadastre-se em nossa newsletter e receba antes de todo mundo novidades e promoções da MVC.